quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Porque cobrar ISS sobre serviços de streaming é totalmente ridículo.

Pagar impostos no Brasil é ridículo de qualquer forma, mas pelo fato de "vivermos em um estado de direito", esse é o preço por isso.
Pelo fato de eu achar a ideologia anarcocapitalista tão utópica quanto o socialismo, eu não posso negar o fato de termos que pagar impostos, infelizmente precisamos do estado em maior ou menor grau.
Ok, então vamos aos impostos, existem diversos deles, impostos sobre bens, sobre produção, sobre transações financeiras, sobre telecomunicações, energia, etc.
Até o próprio imposto de renda, podemos discutir as alíquotas, mas em suma faz uma certa lógica termos que pagar.
O estado fornece a infraestrutura ou as condições para manter o mercado financeiro, as rodovias, licencia as transmissões de radiofrequência (justifica o licenciamento visto que o espectro de transmissão também é limitado), isso tem sentido de ter impostos, claro que novamente podemos questionar as alíquotas, mas o estado precisa regular essas transações e operações para que não vire uma bagunça, obviamente ele tem um custo para fazer essas regulações.

Aí que entro no mérito dos serviços de streaming, o que eles precisam é de internet. O provedor já paga os impostos pela internet, qual a justificativa de ter ISS sobre serviços como Netflix ou Spotify, ainda tem a complicação desse imposto ser municipal e a empresa ser multinacional com sede sei lá onde.

O que vai ter de gente fazendo esquema com VPN e endereço internacional não tá escrito.

Brasil, um país de tolos.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Servidor CENTOS parou de autenticar no Active Directory

Tenho um servidor CENTOS 7.0 que é integrado no active Directory em um windows server 2008R2, ele autentica os usuários do domínio no servidor linux e funcionava muito bem.

O que ocorreu é que depois de algumas atualizações ele parou de autenticar os usuários do domínio na máquina linux, depois de pesquisar bastante vi que só era necessário autenticar novamente a máquina no domínio com o comando:

net ads keytab create -U administrator

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Sozi, uma excelente solução livre e gratuita para apresentações.

Olá Amigos,

Irei lhes apresentar agora uma ferramenta que eu achei muito interessante, ela se chama SOZI e é um plugin para o programa Inkscape.
Com ela podemos criar apresentações não lineares como o consagrado Prezi, com a vantagem de ser gratuito e poder funcionar de maneira totalmente offline.
Para reproduzir a sua apresentação, a única coisa que você necessita é de um navegador mais moderno com suporte ao formato .svg como versões não muito antigas do chrome ou firefox.

Como o programa funciona em conjunto com o inkscape, você precisa planejar a sua apresentação em uma tela e então desenhá-la.


Imagine cada “pedaço” desta tela como uma parte da sua apresentação, para facilitar, crie grupos com a sua tela e então depois bloquei esse grupos de modo que você não poderá selecionar os itens com o mouse.


Após terminar de criar a sua tela, selecione os pedaços com retângulos e então preencha o ID do retângulo com um número que indique a ordem de apresentação de cada quadro da sua apresentação, por exemplo, o primeiro quadro você coloca o ID “1”, o segundo o ID “2” e assim por diante.
Após criar todos os seus quadros, basta selecionar todos e então abrir o diálogo do sozi, com o diálogo aberto clique no botão + e perceba que a opção “elemento svg” irá se preencher com o id de 1 em diante, de acordo com o seu preenchimento


Após isso, salve a sua apresentação no formato .svg padrão e abra em algum navegador da sua preferência.

Deixarei uma apresentação de exemplo para vocês verem e a que eu tirei os screenshots, o sozi possui inúmeras outras funcionalidades, para o meu uso que gosto de apresentações mais simples isso basta, o muito que eu faço é adicionar imagens, mas para quem prefere coisas mais elaboradas ele é capaz de fazer, usando camadas(layers), etc.

Existem diversos tutoriais, como o meu objetivo é apenas apresentar a ferramenta e como eu mesmo não uso coisas muito elaboradas, creio que esse breve texto cumpriu o seu objetivo.

Site oficial do Sozi: http://sozi.baierouge.fr/

Site oficial do Inkscape: https://inkscape.org/pt/

Download de arquivos de exemplo:

quarta-feira, 5 de março de 2014

Antivírus para android é necessário?

Eu sempre digo que antivírus para o android em função realmente de "antivírus" é praticamente inútil, e as empresas que o produzem sabem disso, é tanto que eles sempre vêm com outras funções que são interessantes e para algumas pessoas vale à pena sacrificar a performance do sistema.

Mas para se proteger de pragas virtuais eles não são eficazes, e porque?

O android usa um tipo de máquina virtual bem semelhante ao java, então todos os aplicativos rodam dentro da caixa de areia java.

Além disso, a cada aplicativo instalado ele cria um usuário (tipo o usuário linux mesmo) limitado de maneira que apenas esse usuário criado possa alterar os arquivos do aplicativo isolando-o dos demais aplicativos e do sistema, agora você entende porque o usuário "root" é desabilitado por padrão né?

E se ainda acha isso pouco, o android ainda usa o SELinux para aumentar a segurança do sistema.

Mas os malwares para android existem e isso é inegável.

Essas pragas virtuais se aproveitam de falhas de aplicativos específicos (por exemplo, uma falha no programa de SMS que permite acesso aos seus contatos indevidamente, por padrão o SMS tem acesso aos seus contatos)

E também de falhas no sistema em si o que ocorre em menor proporção, mas além de ter a falha precisa existir uma maneira de explorar essa falha e uma maneira são os aplicativos piratas e modificados que existem aos montes, alguns deles são instalados de maneira de alterar até mesmo o comportamento da play store e google play services que são programas chave no android.

A outra maneira é a engenharia social, eu navego bastante no android e essa tarefa se tornou um parto, muitos sites que a gente acessa pedem para instalar esse ou outro aplicativo .apk diretamente, as versões mais recentes do android (4.x) possuem um aplicativo que verifica o aplicativo antes de instalá-lo mesmo se for de fora da play store, mas não é garantia que irá funcionar visto que é uma briga de gato e rato e todo dia eles lançam novos aplicativos maliciosos e o verificador busca na lista negra do google na internet.

Uma maneira que encontrei de me prevenir de sites ficarem fazendo downloads de aplicativos .apk foi mudar o "user agent" do firefox mobile, você digita na barra de navegação: about:config e modifica o valor da configuração "general.useragent.override" se ela não existir basta cria-la.

No meu caso eu usei a string do linux porque na do windows o computador ficava me enchendo para instalar plugins do windows (Vírus), e com o user agent do linux eles me limitam a exibir apenas as propagandas chatas mesmo.

Além disso, você jamais deve deixar a opção "fontes desconhecidas" ativas por padrão, instale aplicativos fora da play store somente se você tem certeza absoluta da procedência dos mesmos.

No mais, os aplicativos da play store raramente ultrapassam os R$20,00 poxa gente, se o aplicativo é bom e resolveu o seu problema é justo pagar por ele não? 

Android reúne 97% das pragas para dispositivos móveis, mas apenas 0,1% está na play store

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Porque Somos Pobres?

Alguém já se perguntou o porquê que somos pobres? Não digo individualmente mas sim de maneira geral, como brasileiros, há um tempo atrás não me lembro onde, li um artigo onde uma pessoa explicava a diferença entre percepção de riquezas entre os brasileiros e os norte americanos e europeus. Ele dizia que um brasileiro para se considerar bem sucedido e possuir “Status” na sociedade, precisa possuir bens.

  • Casa própria bacana;
  • Carro zero de preferência;
  • Computador, roupas e celulares top de linha ou de marca.

Note que com exceção da casa própria todas as outras coisas são bens de consumo, coisas que não deveriam por si só denotar riqueza ou “status”.
Ao analisarmos nosso mercado percebemos que isso é a mais pura verdade, temos taxas de empréstimo/crediário e financiamento altíssimas, as pessoas não pensam duas vezes em comprar produtos eletrônicos em 12/24/36x mesmo que tais produtos tenham uma taxa de depreciação de 25% ao ano isso significa que um produto eletrônico depois de 4 anos perdeu completamente o seu valor de mercado, essa cultura justifica o alto preço dos carros e produtos em geral, justifica por exemplo,um videogame de R$4.000,00.
Nos Estados Unidos e Europa as pessoas se preocupam mais com sua auto-suficiência financeira, na maioria das vezes querem montar algum negócio para poder se sustentar ou então investem em fundos de aposentadoria/investimentos ou poupança, dessa maneira eles garantem o seu próprio futuro, dão preferência a compras maiores à vista, isso é facilmente perceptível nos filmes e séries que assistimos, vemos os adolescentes ou as pessoas juntando dinheiro para comprar carros e/ou produtos, aqui no Brasil sempre procuramos financiamentos ou “consórcios” onde pagamos quase sempre o dobro do preço de um produto que ao final do plano não vale metade do valor original, em termos práticos, pagamos pelo menos três vezes o que deveríamos em um carro ou produto, a depreciação de um carro de passeio é de 20% ao ano, isso significa que a cada um ano o seu carro zero perde 20% do valor.

Que é o maior beneficiado disso tudo é o nosso maldito governo, que para se dar bem com os eleitores basta que incentive o crédito e aqueça a economia para que possamos comprar as quinquilharias que tanto almejamos, e a nossa qualidade de vida permanece a mesma, continuamos com a nossa cidade sem infra-estrutura, continuamos sem saúde e educação de qualidade, mas temos a televisão de 32 polegadas tela plana 3D na sala com a programação imbecilizante, lavando a nossa mente e alma e nos tornando escravos da sociedade de consumo, a escravidão nunca acabou de verdade, apenas se tornou universal e se modernizou e hoje nos escravizamos para poder sobreviver.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Windows 7 64 bits, erro: "O subsistema necessário para suportar o tipo de imagem não está presente."

Bom, me deparei com esse erro no computador de um cliente recentemente, logo de cara já levei em conta que era vírus, tirei o HD e coloquei em outro micro e ficou uma tarde inteira fazendo a verificação, como resultado removi mais de 30 ameaças do computador.

Depois disso, todo tranquilo fui testar o computador e percebi que ao rodar os programas a seguinte mensagem era exibida:

"O subsistema necessário para suportar o tipo de imagem não está presente."

Fiquei muito intrigado e fui testar diversos programas e então percebi que eram apenas os programas de 32bits que não funcionavam, logo pensei que o vírus teria apagado ou desativado a camada de emulação de 32bits do windows. Após muita pesquisa descobri que só era possível desabilitar o WOW64 em sistemas de servidor, então fiquei ainda mais intrigado e então resolvi usar a ferramenta sfc que verifica os arquivos dll do sistema e os recupera quando necessário.

Me desanimei depois de rodar algumas vezes porque o sistema sempre dava a mensagem de que havia recuperado algumas mas não todas, depois de executá-lo diversas vezes deu resultado, ele recuperou todas as dll's e o sistema voltou a funcionar.

Eram realmente vírus bem destrutivos, o sistema só não parou de funcionar completamente porque por motivos de compatibilidade assim como muitos programas atuais os vírus são feitos para arquiteturas de 32bits, mas o windows 64bits isola os processos de 32 bits em um ambiente virtual emulado e foi por isso que o computador foi revivido e pude recuperá-lo.

Após a recuperação passei o CCLeaner que acusou 1286 erros e instalei o Comodo Antivírus para me assegurar que problemas como esse não mais ocorrerão.

Caso alguém passe por isso, essa é uma das soluções, a outra menos elegante é o famigerado format c:

segunda-feira, 18 de março de 2013

Programas que causam e minam a segurança do windows

Recentemente eu tive uma grande decepção com o programa Alterdata, é um software ERP, de controle financeiro e contábil, um programa muito bom e aclamado pelos usuários em geral, ele é extremamente estável e possui um suporte muito bom, no entanto, fiquei muito insatisfeito com o quesito segurança.

Precisei instalar o programa e perguntei ao suporte se era necessário que o usuário fosse administrador para que ele funcionasse, ele me disse que sim, mas que iria tentar instalar para ver.

Tentamos instalar o software, infelizmente ele nem mesmo instalou como usuário limitado, mesmo digitando a senha de administrador quando solicitado, o fato, é que para que ele seja instalado é necessário que diversos instaladores sejam executados, seria ideal um assistente único onde fossem selecionados os módulos, pouparia tempo e trabalho para a instalação.

Após instalado o suporte desativou o UAC e o firewall do windows para que o programa funcionasse adequadamente, fiquei profundamente decepcionado pois um programa de ponta como é o Alterdata e não possui uma política de segurança eficaz, ao fazer isso, abre o computador do cliente deles a toda a sorte de vírus e problemas, no meu post anterior eu postei as vantagens do UAC, ele previne que programas em geral executem tarefas administrativas sem o conhecimento do usuário, é um recurso excelente que não deveria ser desativado nunca.

Esse problema não é exclusividade do Alterdata, existem diversos programas que possuem esse mesmo problema, o que me deixou surpreso é um programa com a qualidade técnica dele possuir essa falha, ou então, o consultor não é suficientemente treinado para lidar com isso.

Fica aí a minha bronca com o Alterdata, por favor, corrijam o software para que ele funcione adequadamente com usuário limitado e com o firewall do windows e UAC ativados.